Notícias


19. fev. 2016

SBPC/ML divulga posicionamento sobre diagnóstico laboratorial do Zika vírus

A SBPC/ML divulga seu Posicionamento oficial referente ao diagnóstico laboratorial do Zika vírus. O Posicionamento foi enviado para a Associação Médica Brasileira (AMB).

O Posicionamento apresenta respostas a cinco perguntas básicas e dois fluxogramas com algoritmos de testes laboratoriais, baseado em documento do CDC (Centers for Disease Control and Prevention), dos EUA.

Também são apresentadas algumas informações sobre cinco kits aprovados recentemente pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para diagnóstico de zika, dengue e chikungunya.

“O documento, elaborado por médicos patologistas clínicos, tem o objetivo de ampliar as possibilidades de diagnóstico, além de orientar e subsidiar os profissionais de saúde”, explica o presidente da SBPC/ML, Alex Galoro.

Na semana passada, a AMB distribuiu para as Sociedades de Especialidade Médica uma manifestação por escrito em que se posiciona a favor da inclusão imediata do teste RT-PCR para diagnóstico laboratorial do Zika vírus. Nesse documento, a Associação explica que esse exame já existe na Classificação Brasileira Hierarquizada de Procedimentos Médicos (CBHPM) e que também está codificada na Terminologia Unificada da Saúde Suplementar (TUSS).

Segundo o documento da AMB “não existe quaisquer motivos ou justificativas para que, no menor prazo de tempo possível, a ANS e o Ministério da Saúde não disponibilizem o teste diagnóstico RT-PCR Zika, para todo o povo brasileiro”.

O Posicionamento da SBPC/ML sobre diagnóstico laboratorial do Zika vírus pode ser baixado neste site, seção “Profissional”, página “Publicações Técnicas”.

 

Fonte: http://www.sbpc.org.br/?C=2717

Cadastre-se e receba as novidades do nosso informativo no seu e-mail: