Guia de Exâmes

Guia de Exames

CARIÓTIPO HEMATOLÓGICO

As doenças hematológicas estão frequentemente associadas a alterações cromossômicas específicas (numéricas e estruturais) tais como, as aneuploidias, deleções, translocações e inversões. Dentro desse grupo de doenças estão os linfomas, leucemias, doenças mieloproliferativas (trombocitemia, policitemia e mielofibrose), mielodisplasias e o mieloma múltiplo.

A contribuição da análise citogenética na avaliação das doenças onco-hematológicas é imprescindível, dentre os eventos clássicos observados podemos citar achados como o cromossomo Philadelphia (Ph). Em 1973, Rowley identificou o cromossomo Ph como sendo o produto da translocação equilibrada entre os cromossomos 9 e 22, encontrada em portadores de leucemia mielóide crônica (LMC), este achado marcou a primeira detecção citogenética, por meio da técnica de bandamento G, capaz de identificar alterações nas doenças onco-hematológicas.

Portanto, a análise do cariótipo por bandamento G visa identificar alterações cromossômicas tanto no sangue periférico quanto na medula óssea, auxiliando médicos e pesquisadores na classificação, diagnóstico, prognóstico, orientação terapêutica e monitoramento do transplante de medula óssea, além de permitir identificar quais são os oncogenes
envolvidos.

O DB Molecular oferece a seus clientes uma estrutura de última geração em exames citogenéticos, prazos diferenciados e equipe especializada em hematologia e oncologia.

CARIÓTIPO HEMATOLÓGICO

Referências:
1. Alves, Angelica de Souza Batista Maia et al. “Epidemiological and cytogenetic profiles of patients with hematological malignancies and their relationship with aging.” Hematology, transfusion and
cell therapy vol. 40,3 (2018): 200-206.
2. Yang, JJ, et al. Recurrent Cytogenetic Abnormalities in Acute Myeloid Leukemia. Methods Mol Biol. 2017; 1541: 223-245.
3. Tariq I. Mughal, et al., Chronic Myeloid Leukemia: Reminiscences and Dreams. Haematologica. 2016; 101(5): 541- 558.
4. Rowley JD. Letter: A new consistent chromosomal abnormality in chronic myelogenous leukaemia identified by quinacrine fluorescence and Giemsa staining. Nature. 1973;243(5405):290-3.

Encontre um Laboratório Parceiro

Laboratórios Parceiros

Encontre um Laboratório Parceiro

Encontrar