PAINÉIS NIPT

 

Os avanços tecnológicos na análise de DNA permitiram desenvolver exames de triagem pré-natal não invasivos (NIPT) baseados no estudo de DNA fetal livre no sangue materno, sendo possível estudar diferentes condições cromossômicas com maior sensibilidade e especificidade sem gerar riscos para a mãe e o bebê.

Esse tipo de triagem é destinado principalmente à detecção das alterações cromossômicas mais frequentes no feto durante a gestação, como as Síndromes de Down (T21), Patau (T13) e Edwards (T18), além das alterações dos cromossomos sexuais X e Y, apresentando uma sensibilidade entre 85-95% para essas síndromes, com uma taxa de falso positivo < 5%.

Segundo o Colégio Americano de Obstetras e Ginecologistas, recomenda-se que a idade gestacional para avaliação de exames pré-natais seja a partir da 10ª semana. Além disso, é preconizado que seja feita uma análise confirmatória caso seja detectado algum risco para as síndromes avaliadas. Nós oferecemos o teste confirmatório gratuitamente pela análise de QF-PCR (Reação em cadeia da polimerase fluorescente quantitativa).

Junto à análise do NIPT, também é possível determinar o sexo do bebê, de forma opcional e sem custo, por meio da detecção da presença de fragmentos do cromossomo Y. É importante ressaltar que, na gestação gemelar, o teste de sexagem fetal identifica ambos os sexos dos gêmeos univitelinos (gestação monozigótica), pois ambos compartilham o mesmo sexo. Para gêmeos bivitelinos (gestação dizigótica) com resultado masculino, o teste indica a presença de pelo menos um menino, não podendo esclarecer o sexo do outro feto. A ausência de DNA masculino indica que ambos os sexos dos fetos são femininos, tanto na gestão univitelina quanto na bivitelina.


 PAINÉIS NIPT

 

Como solicitar?

 

PAINÉIS NIPT

 

Referências

1. BIANCHI, D. W. et al. DNA sequencing versus standard prenatal aneuploidy screening. N Engl J Med. 2014, v. 370, p. 799-808.
2. CIRIGLIANO, V. et al. Performance evaluation and clinical implementation of the NeoBona test, a new paired-end MPSS approach for cfDNA based prenatal screening of common chromosome aneuploidies.
Prenatal Diagnosis. 2016, v. 36, p. 23-84.
3. NORTON, Mary E.et al. Cell-free DNA analysis for noninvasive examination of trisomy. N Engl J Med. abr. 2015, v. 372, n. 17.
4. RAVA R. P. et al. Circulation fetal cell- free DNA frations differ autosomal aneuploidies and monosomy X. Clin Chem. 2014, v. 60, p. 243-250

 

 

Encontre um Laboratório Parceiro

Laboratórios Parceiros

Encontre um Laboratório Parceiro

Encontrar