Guia de Exâmes

Guia de Exames

TESTE DO PEZINHO - CARTAZ

Passo a passo para coleta do TESTE DO PEZINHO

TESTE DO PEZINHO

1. Coloque o bebê na posição de arroto para aumentar a circulação de sangue nos pés da criança, principalmente na região calcânea.

 

 

TESTE DO PEZINHO

2. Fazer a assepsia da região.

 

 

TESTE DO PEZINHO

3. Puncionar o pezinho na lateral plantar e aguardar a formação da gota de sangue.

A punção deve ser executada numa das laterais da região plantar, onde há maior irrigação de sangue, facilitando o gotejamento para o papel-filtro.

 

 

TESTE DO PEZINHO

4. Encostar o papel-filtro na gota formada e deixar o sangue fluir naturalmente, permitindo o
preenchimento completo da superfície do círculo.

 

 

TESTE DO PEZINHO

5. Repetir o procedimento anterior nos demais círculos, de maneira sequencial. Nunca retorne ao círculo anterior.

 

TESTE DO PEZINHO

 

Encaminhamento da amostra
Deixar o papel-filtro secar em temperatura ambiente. O tempo de secagem varia de acordo com as características climáticas de cada região, recomenda-se o período médio de 3 horas. Envolver a região coletada com papel alumínio.

TESTE DO PEZINHO

 

Dicas:

  • Evite o sangramento abundante, pois resultará em uma camada excessiva de sangue no papel;
  • Não faça pressão excessiva, isso libera o plasma dos tecidos vizinhos e torna o material inadequado para análise;
  • Se não houver fluxo sanguíneo, o aquecimento prévio do pé do bebê deve ser considerado, pois leva à vasodilatação, que favorece a boa coleta. Tome cuidado! A pele do bebê é bastante sensível;
  • É obrigatório o preenchimento de todos os dados do formulário do cartão de coleta;
  • No papel filtro os círculos servem de guia para demonstrar a quantidade mínima de sangue necessária para realização do exame, portanto, não se preocupe se a amostra ultrapassar essa linha.
Encontre um Laboratório Parceiro

Laboratórios Parceiros

Encontre um Laboratório Parceiro

Encontrar